Relatórios de clientes, notícias e comunicados à imprensa.

31/08/2016
O Brasil deve continuar a investir em sua infraestrutura de logística

Embora o Brasil tenha recentemente crescido dez posições no ranking de logística do Banco Mundial – saltou na classificação de 65º para 55º entre 160 países - a subsidiária local da empresa de logística global DACHSER vê a necessidade de mais investimentos em infraestrutura e processos para acompanhar as necessidades de eficiência em cadeias globais de abastecimento.
road-warehouse-truck-gate
Brazil must continue to invest into its logistics infrastructure

O Banco Mundial lançou recentemente a edição 2016 de seu relatório bienal de logística, com destaque para o Brasil como um dos principais ganhadores. O Brasil avançou nas categorias “Alfândega” por 32 posições (62ª) “Infraestrutura” em 7 posições (47º) e “Embarques Internacionais” por 9 posições(72º). A Alemanha liderou o ranking pela segunda vez consecutiva.

DACHSER Brasil, subsidiária local de um dos líderes globais na indústria de logística, acompanha a notícia positiva e avalia que o Brasil deve agora continuar a investir em sua infraestrutura logística. "Melhorias nas alfândegas e infraestrutura são de extrema importância para manter o ritmo para a competição internacional", diz o Angel Santana, Managing Director DACHSER Brasil. "A DACHSER, como um provedor logístico integrado com presença em todo o mundo, precisa de condições ideais para fornecer soluções logísticas sob medida que satisfaçam as necessidades e exigências do mercado. Sem a infraestrutura e processos corretos, nós não seremos capazes de otimizar as cadeias de supply chain de nossos clientes", explica Santana. "A Copa do Mundo FIFA ™ 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro ajudaram a desenvolver a infraestrutura do país, mas ainda há espaço para melhorias."

Reduzir custos e melhorar a eficiência

O Brasil também foi citado no relatório do Banco Mundial como um dos países atentos para reduções de custos e crescimento de eficiência. Essas pesquisas tentam estimar os gastos de logística na produção e comércio, além de quebrar os custos operacionais dos prestadores de serviços. "As empresas brasileiras se esforçam para aumentar a eficiência e realizar economias de custo. Suas cadeias de fornecimento são elementos-chave a fim de alcançar estes objetivos. E é aí que entramos no processo", afirma Santana". A missão global da DACHSER é criar combinação mais inteligente do mundo e integração de serviços de rede de logística. “Com as sinergias de nossas três redes - aéreo, marítimo e terrestre na Europa - e as suas ofertas de serviços, somos capazes de otimizar o balancete dos nosso clientes de logística”, conclui Santana.

Copyright © 2019 DACHSER SE. All rights reserved.
http://www.dachser.com/br/pt/Brazil-must-continue-to-invest-into-its-logistics-infrastructure_1249.htm