Crescimento da DACHSER ganha novo impulso - DACHSER Intelligent Logistics

Relatórios de clientes, notícias e comunicados à imprensa.

17/04/2018
Crescimento da DACHSER ganha novo impulso

Pela primeira vez, o provedor logístico obtém receita acima de 6 bilhões de euros, devido aos negócios de exportação na Europa e ao fortalecimento do comércio global.
Road-trail-wind
Crescimento da DACHSER ganha novo impulso

No ano fiscal de 2017, a DACHSER obteve pela primeira vez receita de mais de 6 bilhões de euros. O provedor global de logística aumentou sua receita bruta consolidada em 7,2%, para 6,12 bilhões de euros. A empresa também estabeleceu outros recordes ao lidar com um total de 81,7 milhões de embarques (+ 2,1%), pesando 39,8 milhões de toneladas métricas (+ 4,3%). Em nível global, a DACHSER criou 1.648 novos empregos em 2017.

"Nós seguimos sistematicamente nossa estratégia de exportação para o transporte terreste europeu e ganhamos impulso a partir do aquecimento do comércio global ", diz Bernhard Simon, CEO da DACHSER SE. "Além disso, o aumento das tarifas de frete aéreo e marítimo nos ajudou a alcançar um aumento significativo na receita".

Desenvolvimento de negócios em detalhe

Em 2017, a área de negócios de Logística Rodoviária da DACHSER - que compreende o transporte e armazenamento de bens industriais (European Logistics) e alimentos (Food Logistics) - obteve receita bruta de 4,44 bilhões de euros (+3,1%). Os embarques e a tonelagem aumentaram em 2,1% e 3,6%, respectivamente. Na linha de negócios European Logistics (EL), o foco constante nos negócios de exportação europeu proporcionou, mais uma vez, um crescimento robusto. Em particular, isto aplica-se à unidade de negócios da Europa do Norte, que registou um crescimento impressionante de 7,4%, mas também à EL France & Maghreb e EL Iberia e ao crescimento dinâmico do seu negócio de logística de contratos. “A Alemanha continua a ser a espinha dorsal de nossa operação, mas a França está caminhando para se tornar uma eferência para os negócios de transporte terrestre transfronteiriço. Nos últimos anos, temos trabalhado sistematicamente para estabelecer esse eixo logístico”, explica Simon.

Na linha de negócios Food Logistics, o crescimento voltou a ficar acima da média. Isso foi principalmente graças ao negócio alemão, com a contribuição de vários novos clientes para transportes transfronteiriços. “Cinco anos após o nascimento da European Food Network, podemos agora fazer um balanço: a decisão de estabelecer uma forte rede de parceiros sob nossa liderança de sistema foi a decisão certa”, diz Simon.

Na área de Air & Sea Logistics (ASL), negócios extremamente revigorados combinados com um aumento nas tarifas de frete - especialmente no frete aéreo - elevaram a receita bruta em 15,7% para 1,79 bilhão de euros. Todas as três unidades de negócios regionais da ASL tiveram um aumento percentual de dois dígitos na receita, sendo que a operação asiática alcançou o maior crescimento de receita, mais de 20%. O número de remessas que o campo comercial movimentou subiu 6,7%, enquanto os TEUs e a tonelagem aumentaram 8,5% e 23,3%, respectivamente.

“O frete aéreo e marítimo é um negócio volátil; a receita oscila entre os extremos”, diz Simon. “Estamos, no entanto, focados em garantir um crescimento sustentável e rentável. Por isso, estamos unindo gradativamente nossos campos de negócios e estamos avançando na integração do sistema ”.

Investimento em rede e pessoal

Apesar dos ventos favoráveis que se estenderam até o primeiro trimestre de 2018, Simon reconhece que o gargalo na capacidade de atendimento e a crescente escassez de motoristas são os principais fatores que poderiam limitar o crescimento futuro. “Por este motivo, o nosso compromisso com treinamento e formação tem prioridade máxima.” Em 2017, os primeiros 22 condutores de caminhões profissionais foram treinados pelo Serviço de Capacitação da DACHSER, na Alemanha. No mesmo ano, 106 pilotos iniciaram a capacitação em 35 locais credenciados pela empresa. “Queremos aumentar o número de motoristas treinados e ampliar nosso conceito de qualidade também para outros países europeus”, anuncia o CEO.

O investimento da DACHSER em locações, frotas, tecnologia e sistemas de TI aumentou em 5%, equivalente a 136 milhões de euros em 2017. “No ano passado, expandimos amplamente nossa capacidade na Alemanha, especialmente no setor de alimentos”, diz Simon. A empresa deve investir mais de 188 milhões de euros neste ano 2018, desta vez com foco em bens industriais.

Visão geral da receita bruta:

Visão geral da receita liquida:

Copyright © 2018 DACHSER SE. All rights reserved.
http://www.dachser.com/br/pt/DACHSERs-growth-gets-a-tail-wind_1399.htm